OH I'M A MESS RIGHT NOW


(??/??/2015) (título - trecho música por: Ed Sheeran)

Acho que todo mundo passa por um momento em que acha que está dando tudo errado, que a vida não deveria ser assim, tão difícil, tão complicada, tão bagunçada, tão errada. Quando isso acontece comigo, é um horror! Me sinto super insegura pra tudo, fico mais nervosa, passo o dia todo trancada no quarto debaixo das cobertas tentando lutar contra esses pensamentos pessimistas, mas isso só piora tudo. Mas e dai, o que fazer? 

Em pleno ano de cursinho, eu sinto muito isso. Vivo nesse 'está tudo errado, nada vai dar certo, eu não vou passar'. E as vezes, acredito tanto nisso que desisto de tudo, jogo todas as apostilas para cima e vou fazer outra coisa. Mas então percebo o quão estúpido isso é, e volto a catar tudo do chão.
Só quem é vestiba ou já foi algum dia sabe o quanto é estressante o tal 'ano do vestibular'. As vezes, você acha que está dando tudo tão errado, que você realmente se sente desesperado, e mesmo que por alguns minutos, perde a esperança de que esse é o ano. Principalmente aqueles que não tem 100% de certeza de que o curso que escolheram é o certo, ou aqueles que ainda não escolheram (pleno agosto - praticamente - e conheço gente que ainda nem sabe o que quer fazer!). Mas é importante ficar calmo e respirar, não há motivos para entrar em desespero! 
 -- O que vou falar talvez não agrade a todos, e talvez não cause o mesmo impacto que causa em mim, mas é o meu lema, e é o que me faz passar por os obstáculos dos estudos. Take your time. Vestibular? Ora, tem todo ano! Se você não passar esse ano, pode ser até horrível, mas não vai ser o fim do mundo! Talvez, um ano a mais no cursinho, te faça enxergar melhor como as coisas funcionam, e você pode aprender mais, entender mais. 
 -- E para aqueles que não estão mais em ano de vestibular, ou ainda não passaram por ele, digo o mesmo! Reprovar no colégio ou na faculdade é diferente de não passar no vestibular, mas não deixa de ser um pouco ruim. Meu conselho? Estudar é 'bom', mas não é tudo. 

Mas... como acabei de falar, estudos, vestibular e escola não são tudo na vida! Tem vezes que bate aquele mesmo sentimento, mas os motivos são outros. Para mim, as vezes, os motivos são os meninos. Vai dizer que de vez em quando não bate aqueeeela carência, e você se sente péssima por ter dado tudo errado com tal menino que você tava afim? É, não é fácil lidar com isso. Eu me sinto muito insegura por 'não ser como as outras garotas' (aka arrumadinha, animada para sair, etc), e as vezes é complicado entender que sou como eu sou, e não posso e nem devo mudar por ninguém, por mais bonito que ele seja
 -- O importante é lembrar que: posso até não corresponder com o padrão de beleza victoria's secret, mas sou perfeita e imperfeita do meu próprio jeito, e se o tal crush não consegue enxergar, bola pra frente (por mais difícil que seja). Cada coisa em seu tempo, algum dia eu arranjo alguém! 

E como se esses dois motivos já não bastassem para me deixar presa em uma bagunça emocional, ainda tem as/os amigas/os, a família, para alguns, o trabalho. É como se tudo estivesse conspirando contra nós! Por enquanto, a única solução que achei para enfrentar tudo isso é simplesmente seguir em frente, por mais idiota e bobinho que isso pareça. Todos temos dias ruins, e meses ruins, anos ruins. Mas um dia abrimos os olhos e percebemos os detalhes menores, e enxergamos que talvez, apenas talvez, nem tudo esteja dando errado. 

(by Paper Doll)

Nenhum comentário:

Postar um comentário