LISTEN TO YOUR HEART


(?/?/2015) (21:20) (22:47) (título - música por: The Maine)

De uns tempos para cá, eu tenho entrado em uma espécie de momento reflexivo. Não sei direito o motivo, mas um simples 'oi' tem me feito pensar, e pensar, e pensar. Uma conversa que poderia acabar em alguns minutos é levada a diante por essa minha persistência em questionar e "filosofar". Dentro de vários tópicos, óbvio que eu não poderia deixar de refletir um pouco sobre o amor e 'estar apaixonada/o'. 


E bem, o objetivo desse post na verdade é 
botar um pouco dessas reflexões para fora,
então, estou dedicando esse pequeno texto
para um certo 'alguém'. você me deixa louca,
mas obrigada por me inspirar de vez em quando.

Sempre procurei o amor. Sempre quis sentir como é amar, e como é se sentir amada. E ainda procuro. É uma busca difícil, confesso, mas sei que algum dia vou chegar lá. O mais perto que um dia cheguei dessa sensação de 'amar e ser amada' foi com você, por incrível que pareça. Vencendo todas as possibilidades e impossibilidades, todas as probabilidades, as certezas e as incertezas, foi você quem me deixou assim... apaixonada. 
E então, comecei a procurar outra coisa também. Comecei a procurar uma explicação, um motivo. Mas só aconteceu, e talvez o motivo seja que era tudo muito 'do momento'. Era para acontecer e pronto, e o futuro então ficou em nossas mãos, mas ambos não soubemos o que fazer, e até hoje eu não sei. 
A sensação? Eu senti e 'ponto final'. O motivo? Talvez tenha apenas sido o destino. Então, na falta do que procurar, segui minha vida procurando conselhos. Conversei com amigas e amigos, os mais íntimos e aqueles que podem te ajudar com a histórias deles. Conversei com estranhos, gente que nunca vi na vida, e tentei aprender com eles. Li livros, textos, blogs. Vi filmes e séries. Tudo para tentar suprir essa minha necessidade de procurar por algo. 
Comecei a perceber, depois dos vários conselhos que recebi, que no fundo o que eu procuro mesmo é sentir tudo aquilo de volta. 'Siga seu coração, vá em frente, não tenha medo, a vida é uma só, se arrisque'. E eu tentei. Tentei juntar forças que me fizessem parar de procurar e me fizessem buscar meu objetivo. Mas é difícil. É como um vício. Procurar, procurar, procurar, e nunca achar. 
Tentei ouvir meu coração, ter uma certa 'luz', tentar achar o caminho certo para eu ter o meu merecido 'final feliz', mesmo que ele não inclua você, mesmo que o certo final seja apenas esquecer. Tentei ignorar os conselhos, tentei ignorar as vozes da minha cabeça me dizendo para parar de procurar, tentei ignorar o mundo. Mas procurei, procurei, procurei, e não achei. 
É. 
Então me ajuda. Eu sei que você é o único capaz. Eu não consegui ouvir meu coração, mas talvez se você escutar o seu, a gente pode ao menos dar um fim para a 'nossa' história. Talvez te diga a verdade, talvez te diga que fomos feitos um para o outro. Talvez não seja nada disso, e foi tudo um grande mal entendido. Mas eu preciso saber. 

Eu não aguento mais procurar, e não achar.

(by Paper Doll)

ps: o texto é inteiro de minha autoria, porém, as partes sublinhadas são uma 'tradução' da música escolhida para o 'tema' do post (Listen to Your Heart - The Maine) - (as letras foram um pouco alteradas para se encaixarem no texto).

Nenhum comentário:

Postar um comentário